Empresa Produtos Assistência Técnica Seu Negócio Tecnologia Fale Conosco
                   
                      OK


VENDAS (18) 3652-1260
Rua Itápolis, 140
CEP 16300-000
Penápolis - SP

Conexão Delta G Norte

A união fazendo a força de pecuaristas

Breno J. P. Barros1

Artigo publicado na Revista JC Maschietto no 07, setembro/2009

A Conexão Delta G Norte é uma associação de pecuaristas com o objetivo principal de gerar e utilizar tecnologia de ponta para aumentar a rentabilidade da pecuária de corte. Para tanto, busca atuação nas mais diversas áreas que compõem a produção pecuária e também representatividade na cadeia produtiva da carne. As 25 empresas participantes estão localizadas nos principais pólos de produção e processamento da cadeia da carne com fazendas em 6 estados: BA, MS, MT, GO, TO e SP.

O rebanho atual, de aproximadamente 350.000 cabeças com 150.000 vacas, é composto em grande parte pela raça Nelore e também com rebanhos Braford adaptados ao Brasil Central. O sistema de produção adotado nas fazendas integrantes é o de ciclo curto, onde os animais iniciam a reprodução e são abatidos rapidamente.

A base de dados utilizada nas avaliações genéticas conta hoje com mais de 1.000.000 produtos avaliados, o que caracteriza a Conexão Delta G como um dos maiores programas particulares de melhoramento genético do mundo.

A Conexão Delta G se iniciou no Rio Grande do Sul em 1984, onde ainda mantém um grupo com forte atuação. Surgiu como um programa de melhoramento genético para as raças Hereford e posteriormente Braford. Logo pecuaristas do Sudeste e Centro-Oeste se interessaram pelo programa, unindo-se então à Conexão Delta G com o programa de melhoramento para o Nelore desde 1993.

Hoje a Conexão Delta G atua com dois grupos fortes, SUL E NORTE, inclusive com diretorias distintas. Essa divisão ocorreu em 2000, principalmente devido a diferenças nos sistemas de produção, além de alguns objetivos diferentes. Apesar disso, mantêm-se unidos com a mesma filosofia de trabalho e o mesmo sistema de melhoramento genético, formando um dos grupos de pecuaristas mais fortes, representativos e conhecidos do Brasil.

Os participantes acreditam que a união dos pecuaristas é uma boa saída para enfrentar as adversidades da atividade. Juntos têm mais força e podem buscar melhores oportunidades de lucro com a pecuária, relacionando-se com os diversos elos da cadeia produtiva da carne. Querem desenvolver, de forma profissional e eficiente, um programa de melhoramento genético amplo e eficiente que busca animais geneticamente superiores, voltados para a produção a pasto, sempre seguindo a máxima “A qualidade sai da quantidade”

A avaliação dos animais é feita através das características fenotípicas que expressam produção num enfoque bem amplo, não apenas levando em consideração o peso do animal, mas também características morfológicas como a conformação da carcaça, sua musculosidade e precocidade; é o sistema CPM (C=conformação, P=precocidade e M=musculatura).

Os animais melhorados, indicados pelo programa, recebem o CEIP – Certificado Especial de Identificação e Produção, garantindo o desempenho do animal inclusive informando os índices das características produtivas avaliadas. O CEIP é reconhecido pelo Ministério da Agricultura e garante a superioridade genética possibilitando ainda a isenção de imposto e possibilidade de financiamento.

Tudo isso garante evolução genética para o rebanho produzindo animais comprovadamente melhorados, com reflexos diretos na velocidade de ganho de peso, fêmeas melhores e mais precoces, redução da idade no abate, maior rendimento, dentre outros.

A união da produção de todas as fazendas associadas reflete-se também na comercialização em bloco, conseguindo vantagens significativas para os participantes. A compra de insumos também é coordenada em conjunto buscando redução do custo de produção.

Além dos associados que desenvolvem o programa de melhoramento temos ainda os “Parceiros da Carne”, que participam integralmente usufruindo de todos os benefícios gerados e tendo direitos e deveres como todos os associados. Porém não desenvolvem o programa de melhoramento, apenas utilizam genética da Conexão Delta G através da compra de touros, sêmen ou animais.

A Conexão Delta G apoia seus associados em atividades técnicas, como a implantação do projeto de melhoramento e desenvolvimento técnico da propriedade. Também realiza treinamento de equipe, promove encontros e visitas técnicas.

O intercâmbio de experiências entre os associados é intenso, o que garante contínua evolução do grupo tanto no aspecto técnico como em outras áreas inerentes à produção e administração da pecuária. O entrosamento de todos garante qualidade e volume de trabalho.

A Conexão Delta G é uma associação aberta a todos os interessados em participar de um grupo comprometido com profissionalismo e produtividade sempre na vanguarda da pecuária. Sua sede, em Araçatuba está pronta para receber o contato de todos os interessados através do www.deltag.com.br ou pelo telefone (18) 3609-1450.

(1) Presidente da Conexão Delta G Norte



Lançamentos






Parceira




by hmc