Empresa Produtos Assistência Técnica Seu Negócio Tecnologia Fale Conosco
                   
                      OK


VENDAS (18) 3652-1260
Rua Itápolis, 140
CEP 16300-000
Penápolis - SP

Fazenda Vale do Boi recebe prêmio nacional

Artigo publicado na Revista JC Maschietto no 08, setembro/2010

É muito bom quando alguém recebe um reconhecimento público por uma obra realizada, em uma sociedade que nem sempre valoriza o mérito de empreendedores.

É melhor ainda quando este reconhecimento é absolutamente justo, em um país com muitos ‘empreendedores’ que se apropriam de esforços alheios ou que fazem uso de meios escusos para suas ‘conquistas’...

Porém o mais gratificante é quando, além de se tratar de reconhecimento absolutamente justo, o premiado é de nosso relacionamento. Neste caso os sentimentos se misturam: desde o orgulho natural de ver um parceiro nosso ter reconhecidos seus esforços de décadas para implantar um projeto modelo de pecuária na região norte do Brasil, até aquela sensação que sempre aflora quando surgem evidências – infelizmente não muito freqüentes – de que ao menos alguns setores estão entrando nos eixos, ajudando a manter acesa a chama de esperança no futuro de nossa sociedade.

Pois foi justamente o que ocorreu com o Sr. Epaminondas de Andrade. Sua propriedade – a Fazenda Vale do Boi, de Carmolândia/TO – foi reconhecida entre as melhores empresas do Brasil, na categoria agronegócio, pelas boas práticas de gestão adotadas.

A homenagem foi concedida pela parceria entre Sebrae, Movimento Brasil Competitivo (MBC), Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) e Gerdau que, através “MPE Brasil - Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas”, busca reconhecer estadual e nacionalmente as empresas que promovem o aumento da qualidade, da produtividade e da competitividade, pela disseminação de conceitos e práticas de gestão.

Quem visita a Vale do Boi tem a oportunidade de vivenciar um repertório vasto de ferramentas de gestão da propriedade e da atividade pecuária. Ao passar por cada piquete – que aliás são todos numerados – o visitante pode ter a curiosidade de saber detalhes sobre seu histórico: basta ligar para o escritório da sede e obter dados exatos sobre o lote de animais ali alocado, quando entraram, o período entre pastejo anterior, histórico de taxas de lotação, etc, controlados eletronicamente. Na sede da propriedade, enquanto saboreia um café passado na hora, é possível consultar as pastas de controle dos piquetes, com resultados de análises de solo de cada área nos últimos 5, 8, 12 anos, permitindo um acompanhamento de sua evolução e das intervenções e correções administradas.

Aliás, controle é o que não falta na Vale do Boi. Há, por exemplo, um acompanhamento diário dos índices pluviométricos dos últimos 24 anos. Estão dizendo que o aquecimento global está modificando os regimes de chuvas nos últimos anos? Ninguém melhor para confirmar ou não isso na região norte do que o Sr. Epaminondas. E não estamos falando só de dados pontuais, mas também de planilhas, gráficos e curvas de tendências.

São feitos sistematicamente inventários dos ativos, pasto por pasto, piquete por piquete, lote por lote. Os levantamentos mensais são considerados no balanço patrimonial, como ferramenta para cálculo de variações no patrimônio líquido e, portanto, para apuração do resultado econômico da atividade.

Boa parte destes conhecimentos advém da experiência profissional anterior do Sr. Epaminondas, que fez carreira em grandes empresas de São Paulo e Rio de Janeiro, chegando a ser Diretor de Unidades Industriais e dirigente geral de empresas antes de retornar a suas origens.

‘Nascido na roça’ – como ele gosta de dizer – em Uberaba, sempre alimentou o sonho de regressar a este ambiente. Mesmo enquanto executivo mantinha uma atividade pecuária em Minas, mas foi há 27 anos que viu a oportunidade de materializar este projeto, quando adquiriu em sociedade a área da qual hoje é proprietário único. Cerca de 3 anos depois da aquisição mudou-se de mala, cuia e família para o norte de Goiás – hoje Tocantins. E foi a partir daí que efetivamente começou a construir a obra hoje reconhecida e premiada, aumentando gradativamente sua área com novas aquisições e investindo em gerenciamento, tecnologia e paixão.

Paixão que o fez investir em um programa de melhoramento genético hoje referência regional e nacional. A Vale do Boi tem o controle de genealogia de todo seu plantel, mesmo para o gado não registrado, e caminha a passos largos para atingir a meta de mil matrizes P.O.. As feiras para venda direta de animais que promove na fazenda – conhecidas como ‘Shopping Vale do Boi – são concorridíssimas na região, e vários animais da ‘marca’ Vale do Boi ocupam excelentes posições nos rankings nacionais da raça nelore. A fazenda é uma das únicas a ter diversos animais com sêmen disponível em centrais de inseminação como Alta Genetics, Lagoa da Serra e Nova Índia. Os animais não são ‘preparados’ para exposições: pratica-se na Vale do Boi a produção de genética a pasto, com todas as vantagens inerentes a este processo.

Também nas relações com os funcionários a Vale do Boi se destaca. Isto é fruto de investimentos não só nas estruturas e acomodações disponibilizadas, mas também em capacitação. Mas, para avaliar o nível das relações, nada melhor do que visitar a fazenda e vivenciar o respeito mútuo entre empregadores e empregados para verificar que isto não é uma intenção, mas um fato construído ao longo de anos de confiança e profissionalismo.

Tudo isso foi avaliado e auditado por técnicos do MPE Brasil, que avalizam e justificam a concessão do prêmio.

É da varanda da sede de sua propriedade que o Sr. Epaminondas pode acompanhar os números e índices gerenciais, enquanto observa nos piquetes ao redor alguns de seus touros premiados em pastos que são verdadeiras vitrines.

E é com a ajuda de sua esposa – D. Walkyria – de dois de seus três filhos – Ricardo e Paulo – e de sua equipe de funcionários que este pecuarista de 74 anos reúne energias para visualizar no horizonte metas ainda mais altas para sua atividade pecuária.

Impossível para um visitante da fazenda não se contagiar com este entusiasmo.

Fazenda Vale do Boi (Carmolândia/TO)  (63) 3414-3020
www.valedoboi.com.br / valedoboi@valedoboi.com.br



Lançamentos






Parceira




by hmc